Poliuretano Projectado

Poliuretano Projectado

A espuma de poliuretano projectado é um produto de grande eficácia a nível de isolamentos uma vez que a sua aplicação é contínua, sem juntas nem fissuras, e vem assim substituir o isolamento em placas.


O isolamento indispensável numa habitação de qualidade
A poupança de energia é hoje um investimento prioritário na construção. Para a obtenção de um baixo consumo e uma alta rentabilidade energética é pois necessário pensar nos métodos de conservação de energia.


 

 

O que é Poliuretano Projectado


A espuma rígida de poliuretano por projecção é o isolante térmico de maior condutividade. Com ela consegue-se que as edificações atinjam altos níveis de conforto e de poupança de energia.

 É aplicado em telhados por cima e depois pintados com Top-Coat á cor. Pode-se projectar por baixo dos telhados. Nos terraços o Poliuretano Densidade 50 é ideal para suportar cargas pesadas. Pode-se aplicar nas “caixas de ar” nas paredes interiores e depois fazer as paredes exteriores, ou vice-versa.


 

Vantagens do Poliuretano


Como principais vantagens deste produto salientam-se:
   * Baixo coeficiente de condutibilidade térmica (0.024 W/mK);
   * Boa estabilidade dimensional;
   * Excelente aderência a todos os materiais de construção;
   * Imputrescível;
   * Baixa permeabilidade ao vapor de água;
   * Boa resistência a produtos químicos;
   * Evita condensações.


Campos de Aplicação


Esta espuma é aplicada no local através de equipamento adequado que a projecta ou vaza nas superfícies a isolar;
Após um breve período de expansão, solidifica, formando-se pequenas células fechadas que permitem obter um poder isolante superior;

Campos de Aplicação
   * Habitações (paredes, telhados e placas)
   * Instalações Fabris
   * Câmaras Frigoríficas
   * Cisternas

Propriedades físicas


A espuma rígida de poliuretano tal como o poliestireno expandido enquadra-se na classe dos isolantes sintéticos, cuja utilização é já corrente (principalmente o poliestireno expandido).
A maior parte dos materiais isolantes actuam como tal, porque têm no interior da sua estrutura celular, ar "imobilizado" cujo coeficiente de condutibilidade térmica a, é 0,027 Kcal/mh°C

A espuma de poliuretano, pelo contrário, contém no interior das suas células o agente expansor cujo coeficiente de condutibilidade térmica a, é 0,0079 Kcal/mh°C, valor cerca de 3 vezes menor que o anterior. Esta caracteristica confere á espuma de poliuretano um coeficiente de condutibilidade térmica á temperatura ambiente de 0,018 Kcal/mh°C ou seja sensivelmente 0,021 W/m°C (de acordo com o ITE 28 do LNEC este valor é de 0,30 W/m°C para uma massa vol. Aparente de 30 a 40 Kg /m3)